Portal Unaí - Aqui você vê primeiro!
        Unaí-MG.  Sexta, 18 de Agosto de 2017
 
Busca Interna:





 
 Você está em:  Ir para a Página Inicial » Navegue » Notícias

Cidadão de Unaí é multado por dar comida a pássaros


Já se viu multas e até mesmo prisões a quem maltrata animais, agora quem está alimentando causa no mínimo estranheza. Isso está acontecendo na cidade de Unaí (MG), quando a prefeitura municipal multou um cidadão unaiense que há quase uma década alimenta pássaros em frente sua casa na avenida José Luiz Adjuto, no centro da cidade. Silvino L. S., que já tem uma idade avançada, é aposentado e o que ele mais tem prazer em fazer é alimentar “os seus passarinhos”. 
 
Segundo Silvino, todos os pássaros que ele alimenta são livres, já oferece alimento há mais de 8 anos e nunca tinha sido questionado por essa ação, que ele entende ser em prol da natureza. “Por que o prefeito não constrói um Parque Municipal? Porque aí eu vou poder dar alimento aos passarinhos, mas ele prefere é perseguir quem está fazendo o bem. Os pássaros estão pedindo socorro e o agradecimento desse governo é me multar duas vezes por dar alimento a eles”. Ele, que também foi multado por alimentar cães abandonados, afirmou que recorreu das multas e espera não ter que pagar a quantia de R$2.712,12 (dois mil setecentos e doze reais e doze centavos).
 
Nas multas apresentadas a esta reportagem têm as seguintes descrições. Primeira multa: “Taxa alto de infração devido morador alimentar pássaros e cães em canteiro de área pública conforme processo 9243/2017 de 25/2017.” Segunda multa: “Taxa alto de infração devido morador continuar a alimentar pássaros e cães em canteiro de área pública conforme processo 9243/2017 de 25/06 de 2017 e 10232/2017 de 11/07 de 2017.”
 
Para um vizinho de Silvino que não quis se identificar houve exagero na aplicação da multa. “Se ele estava colocando muito alimento para os pássaros, deveriam ter um diálogo. Estávamos acostumados a ouvir o canto dos canários que já estão desaparecendo”, disse.
 
Medidas impopulares
 
O governo do prefeito Branquinho está optando por uma postura de tomar medidas impopulares com o objetivo de “moralizar a cidade de Unaí”, porém, essas tais medidas vem afetando inúmeros cidadãos de todas as classes sociais. Em redes sociais, protestos dessas pessoas acusam o governo de não obter um diálogo e tratar os assuntos a ferro e fogo.
 
Procuramos a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Unaí para se pronunciar sobre o assunto, onde encaminhou a essa reportagem tópicos que levaram à autuação.
 
Resposta da Prefeitura de Unaí:
 
1) – A prefeitura recebeu reclamações de vizinhos do local público onde eram depositadas as rações.
2) – Como não eram consumidas de imediato as rações fermentavam, causavam mau-cheiro, quando chovia o transtorno era ainda maior.
3) – A Prefeitura tentou dialogar com o senhor que depositava as rações. Não teve sucesso. Isso foi tentado em várias oportunidades. 
4) – A prefeitura dialogou com familiares dele.
5) – Com o único objetivo de convencer o cidadão a abandonar a conduta prejudicial aos vizinhos, a prefeitura aplicou a multa que a legislação prevê.
6) – Como o senhor persistiu na conduta – como prevê a legislação – uma segunda multa foi aplicada. 
7) – A prefeitura mais uma vez dialogou com familiares do senhor. Construiu-se um entendimento, de bom senso. A ração deixou de ser colocada. Até a manhã desta terça-feira, 7/8/2017, não havia mais ração no local.
8) – Para prefeitura trata-se de assunto superado. Eventual cancelamento das multas está sendo analisado juridicamente. Em razão das circunstâncias desse caso, há possibilidade de que sejam canceladas. 
 
 
Reportagem e fotos: José Ney Lopes
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 



Dê a sua nota:
Média: 8.5

Listar Anteriores

 








Portal Unaí - Aqui você vê primeiro!