Fazenda Silva Lopes realiza mais uma reza para São Sebastião

A família Lopes Siqueira, tradicional na religião católica de Unaí, sempre esteve ligada às atividades religiosas e culturais na área rural do município. Às beiras do Rio Roncador, nas regiões do Canto do Pico e Barra do Córrego, o senhor José Lopes, fazendeiro influente, fez história, mantendo diversas atividades culturais, principalmente as religiosas.

Devoto de São Sebastião, há mais de 60 anos, Zé Lopes começou a realizar todo ano um encontro da comunidade para a celebração de uma reza em homenagem ao santo, desde então essa tradição veio passando de geração à geração. Depois de José Lopes, quem continuou com a tradição foi seu filho Imídio Lopes, que faleceu. Agora a tradição segue através da família de Joel Lopes, filho de Imídio e neto de José Lopes.

Na noite do último sábado, 20 de janeiro, o casal Joel Lopes e Maria da Guarda Silva recebeu devotos de São Sebastião na Fazenda Silva Lopes, propriedade da família, para a celebração de uma reza em homenagem ao santo. O terço foi conduzido pelo irmão de Joel, o diácono José Lopes, e a animação dos cantos religiosos ficou por conta de Geraldinho, Silvia e Nelson. Além das musicas foi interpretada uma ladainha a moda antiga.

Logo após o terço foi servido um farto jantar, que fez os convidados relembrarem os movimentos de antigamente, momento épico que de acordo com a família Silva Lopes continuará passando de geração para geração.

Reportagem: José Ney Lopes
Fotos: Lorrane Tiago