Marden Junior é o novo presidente da AMNOR

Eleição por aclamação confirma a união dos prefeitos da região Noroeste

O prefeito de Brasilândia de Minas, Marden Junior Teles Pereira da Costa, foi eleito presidente da Associação dos Municípios do Noroeste. A eleição se deu durante a 171ª Assembleia Geral Ordinária da Associação, realizada na tarde de 30 de janeiro em sua sede no município de Paracatu.

União

A candidatura única, que surgiu de um consenso entre os prefeitos, veio comprovar que a região está unida através dos gestores dos municípios filiados a AMNOR. Marden Junior, que está em seu 8º ano como prefeito de Brasilândia de Minas, fez uma gestão relativamente tranqüila e com muitos feitos em seu município, credenciando-o a estar à frente da AMNOR neste último ano de seu mandato. Ele sempre pregou a união dos municípios em prol da região Noroeste.

Vem a nós

Ao discursar como novo presidente da AMNOR, Marden Junior destacou que o Noroeste de Minas é uma região cujo reconhecimento das autoridades estaduais e federais ainda não existe de fato. Ele disse que é preciso mostrar ao resto do país a importância deste rincão mineiro, que produz grande parte do alimento consumido mundo a fora. De acordo com Marden, a AMNOR vai realizar um trabalho neste sentido e buscar a valorização que a região merece. “Vamos implantar aqui um novo modelo de gestão política, com uma agenda positiva a curto, médio e longo prazos. Nossas demandas deverão sair do papel, e para isto o Noroeste precisa mostrar sua força política.

Só assim as autoridades virão até nós”, declarou Marden. Ele disse ainda que vai priorizar o Noroeste, buscar o que os prefeitos precisam para solucionar seus problemas nos municípios. “Com as dificuldades que enfrentamos nesta gestão ficou comprovado que somos todos PHDs, o que faltou aqui não dependeu apenas da gente, este foi um mandato sem precedentes”, completou, deixando nas entrelinhas o calote sofrido pelos municípios que passaram vários meses sem receber repasse do Estado de Minas Gerais.

O prefeito de Guarda-Mor e 2º vice-presidente da Amnor, Edgar Lima, aproveitou para agradecer aos prefeitos dos municípios maiores que sempre estiveram unidos com os menores visando o fortalecimento da região como um todo. O presidente em exercício, Ronaldo Verdadeiro, minutos antes de dar posse à nova diretoria, voltou a manifestar sua satisfação com a Amnor e sua importância no processo de desenvolvimento regional.

Gestão de Condé na AMNOR foi elogiada pelos prefeitos da região

Contas e ações foram aprovadas por unanimidade

A gestão do prefeito de Paracatu, Olavo Condé, na presidência da Amnor – Associação dos Municípios do Noroeste, foi bastante elogiada por seus colegas prefeitos durante a Assembleia Geral Ordinária realizada na sede da Associação neste dia 30 de janeiro. Apesar de estar ausente, devido a compromissos inadiáveis, tendo sido substituído pelo prefeito de Uruana de Minas e 1º vice-presidente Ronaldo Verdadeiro, Condé teve seu nome citado várias vezes por deferências feitas à sua gestão. Os colaboradores da AMNOR também foram lembrados pelos prefeitos, que elogiaram a atuação das equipes que compõem a Associação. Ao abrir oficialmente a assembleia, o presidente em exercício, Ronaldo Verdadeiro, parabenizou Olavo Condé e destacou que os funcionários da AMNOR fizeram um brilhante trabalho em prol dos municípios, o que muito contribuiu para o sucesso da gestão.

Gestão

Ronaldo Verdadeiro falou da alegria de estar na diretoria da AMNOR e ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pela Associação em prol dos municípios. O prefeito de Guarda-Mor e 2º vice-presidente Edgar Lima também destacou o trabalho da AMNOR e parabenizou os prefeitos do Noroeste, que de acordo com ele, mesmo diante de tantas dificuldades encontradas na gestão pública, tiveram bom desempenho à frente de seus municípios. Edgar deu como exemplo os opositores, que nas palavras dele, ao tentarem atrapalhar o prefeito, acabam prejudicando toda uma comunidade. “Vejo que administraram com amor e muita dedicação. A gestão foi difícil, mas tenho certeza que todos fecharão com chave de ouro”, declarou Edgar Lima.

Contas

Saúde financeira invejável e equipes muito bem sintonizadas. Foi o que mostrou a prestação de contas da AMNOR, muito bem detalhadas pelo contador da Associação, Joãozinho Contador. Ele explicou minuciosamente cada ponto das planilhas e sanou todas as dúvidas dos prefeitos. Também foram apresentadas as certidões negativas da Associação, certidões estas que comprovam sua regularidade junto aos principais órgãos públicos do Município, do Estado e da Federação.

A superintendente administrativa, Ivonete Antunes, mostrou aos prefeitos quais foram as principais ações da AMNOR ao longo de 2019 e afirmou que foram grandes feitos. “Temos muito que comemorar”, disse Ivonete. “Desempenhamos ações de extrema importância para a nossa região”, completou, afirmando que a AMNOR amadureceu muito ao seguir rigorosamente o seu organograma e ressaltou a importância dos prefeitos avaliarem o que a AMNOR oferece para os municípios em termos técnicos, administrativo e político. Ela finalizou destacando a participação da AMNOR nos Fóruns e Comitês e citando importantes parcerias firmadas no ano passado.

O superintendente técnico, Antônio Geraldo de Sá Cabral, também fez uma explanação dos trabalhos realizados pelo departamento técnico e mostrou que a patrulha moto-mecanizada atendeu diversos municípios da região. Ele falou ainda sobre a tabela de preços, sobre a programação visando atender os municípios agora em 2020 e sugeriu novos formatos de cobrança e de locação das máquinas.

Conselho

Antes das contas serem colocadas em votação, a prefeita de Dom Bosco e presidente do Conselho Fiscal, Iramaia Cordeiro, falou sobre a reunião em que o Conselho aprovou as contas por unanimidade e apresentou o parecer favorável a aprovação também pela Assembleia.

Veja como ficou a nova diretoria da AMNOR


Presidente: Marden Junior – Prefeito de Brasilândia de Minas
1º vice-presidente: Donizete Antônio – Prefeito de Bonfinópolis de Minas
2º vice-presidente: Edgar Lima – Prefeito de Guarda-Mor
Conselheiros fiscais
Odilon Oliveira – Prefeito de Cabeceira Grande
Olavo Condé – Prefeito de Paracatu
Ronaldo Verdadeiro – Prefeito de Uruana de Minas
Suplentes
Liedson Silva – Prefeito de Riachinho
José Gomes Branquinho – Prefeito de Unaí
Edson Sabino – Prefeito de Lagoa Grande

error

Compartilhe: