Ministério Público é parceiro no combate à Dengue

Na manhã desta quarta-feira, 28 de fevereiro, o Ministério Público, através da promotora de Justiça de Defesa da Saúde Carolina Frare Lameirinha, juntamente com a coordenadora de Epidemiologia da Prefeitura de Unaí, Adriane Araújo, participaram de uma coletiva com a imprensa unaiense para informar que o Ministério Público fará parte da Força Tarefa realizada pelo poder executivo no combate à Dengue.

O Ministério Público atuará nesse primeiro momento apenas como agente orientador, sem caráter investigatório. De acordo com a promotora, o órgão procedeu uma instauração de procedimento administrativo para acompanhar as ações que serão desempenhadas pelo município nesse período com a finalidade de reverter o quatro indicativo de epidemia de Dengue.

Carolina Frare disse ainda que a prefeitura poderá encaminhar ao Ministério Público casos onde há recusa de moradores para atuação dos Agentes de Saúde, onde o MP buscará um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) para autorização de ingresso nos imóveis a fim de respaldar a legalidade de atuação do município no combate ao mosquito Aedes Aegypti.

A Coordenadora de Epidemiologia da Secretaria da Saúde da Prefeitura de Unaí, Adriane Araújo, falou da importância da participação da população de Unaí tanto na Força Tarefa quanto na atuação diária nas suas residências eliminando prováveis focos de proliferação do mosquito. Ela afirmou que o cidadão tem a maior responsabilidade diante da prevenção, pois a maioria dos focos estão justamente nas residências.

O perigo começa agora

A Prefeitura de Unaí já vem executando ações como palestras nas escolas públicas, e começa nos próximos dias uma grande Força Tarefa em toda cidade. Segundo a coordenadora Epidemiológica, o perigo começa agora no mês de março, onde as chuvas tendem a cessar e o forte sol aquecer os reservatórios com água parada, e é aí que existe o perigo do mosquito proliferar. Segundo a coordenadora, o tempo de maior risco de epidemia é entre os meses de março e junho.

A coletiva ocorreu na Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde, situada prédio do Fórum de Unaí.

Reportagem e fotos: José Ney Lopes