Renovar o Brasil: Unaiense busca nova maneira de fazer política

Mais de mil alunos do Renova o Brasil, escola de formação política para cidadãos comuns, reuniram-se nesse fim de semana, voluntários em ações de impacto social em 445 cidades de todos os estados brasileiros. O exercício coletivo é parte do curso RenovaBR Cidades, que prepara 1,4 mil alunos – cidadãos comuns, com diferentes profissões, origens e ideologias – para disputar as eleições de 2020.

As atividades propostas pelos alunos passaram por áreas como educação, saúde, meio ambiente, transporte, inclusão e tecnologia. O objetivo foi impactar positivamente as cidades e testar a capacidade de mobilização dos alunos do RenovaBR, que pretendem entrar para política no próximo ano.

Em Unaí, a ação ficou por conta do aluno Rafhael de Paulo, um unaiense de 30 anos, graduado em Relações Internacionais e pós-graduado em Gestão Pública, que atualmente está fazendo o curso do RenovaBR com o objetivo de poder representar bem Unaí. Junto com a bióloga Juliana Gracieli R. de Oliveira, levaram um grupo de 14 pessoas para uma expedição na Gruta do Tamboril, um tesouro ecológico em terras unaiense e que na verdade é pouco conhecido pela população.

O objetivo era apresentar ao grupo o potencial que Unaí e região têm para a prática do turismo ecológico. Além disso, Rafhael colocou a gruta no mapa do Google, onde várias pessoas já comentaram a adicionaram fotos do lugar, dando assim visibilidade a todos que procurarem on-line pela gruta.

Juliana explica qual é a situação da Gruta do Tamboril atualmente: “Existe uma ação no Ministério Público há mais de 15 anos entre o município e o empreendedor que fazia exploração de calcário nas proximidades da Gruta do Tamboril, e os impasses perduram até os dias hoje. O município de Unaí precisa realizar a desapropriação do local onde está inserida a gruta, confeccionar o plano de manejo da mesma e posteriormente realizar o tombamento desta caverna belíssima.

Quando se der a execução desses passos, aí sim poderá ser realizada a “exploração ecológica” deste patrimônio que tem na região, mas para que isso ocorra é preciso que haja interesse das autoridades locais e da própria população unaiense, que precisa ter um olhar diferenciado para suas riquezas. Atualmente, qualquer pessoa tem acesso à caverna, o que a torna vulnerável da ação predatória de pessoas sem conscientização.

Durante o percurso é possível ver pichações em alguns paredões, lixos são encontrados no caminho, além de vestígios de fogueira. Digo sempre que temos um paraíso dentro de Unaí e que parece não ser valorizado pela população local. Muitos são os unaienses que fazem turismo ecológico em cidades próximas a Unaí como Pirenópolis, Chapada dos Veadeiros e não é difícil e nem raro ouvirmos observações como “aqui não tem nada para se fazer”. Opções nós temos, não é só a Gruta do Tamboril, porém, do meu ponto de vista é necessário se ter um novo olhar para as nossas próprias origens e cabe a cada um de nós unaienses refletirmos acerca disso”.

Para o fundador do RenovaBR, Eduardo Mufarej, o projeto foi uma oportunidade para os alunos, e futuros candidatos, mostrarem que podem transformar a vida da população através de pequenas ações. “Quem pretende ocupar um cargo político precisa provar que está comprometido com a população e com as cidades onde vivem e, mais do que isso, esses futuros políticos necessitam comprovar que conseguem mobilizar as pessoas que estão próximas, transformar seus bairros e, mesmo em uma escala ainda pequena, mudar para melhor a realidade da população”, destacou.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Renovar o Brasil

Rafhael de Paulo fala aos participantes sobre a importância da exploração ecológica.



  • email *

  • website *

  • -->