Talento no palco e nos tribunais: Luana Raquel se destaca como cantora e advogada

Com apenas 27 Luana Raquel já conquistou muito do que queria para sua vida, e duas dessas conquistas são:  formar-se em Direito e ser reconhecida pela população como uma artista musical. Luana vem se destacando nos últimos meses através de lives solidárias que chegam a ter até 10 mil visualizações, um sucesso de público para uma artista que ama cantar e levar alegria.

“Comecei a cantar desde cedo, porém, só vim a gravar alguns trabalhos profissionais no ano de 2015. Sou natural de Unaí, vivi quase 08 anos na cidade de Uberlândia, onde fui especificamente para estudar Direito, me formei em 2016 pela faculdade Católica de Uberlândia, atual Puc Minas, autora de artigos publicados pelo trt3, sobre a escravidão contemporânea. Fui pesquisadora pela FAPEMIG durante o período de graduação com pesquisas sobre MOBILIDADE URBANA E A LUTA CONTRA A ESCRAVIDÃO CONTEMPORÂNEA MULTIFACETADA,” afirmou Luana.

Luana é uma pessoa simples, que corre atrás dos sonhos e objetivos, determinada, prioriza o trabalho e respeita o próximo. Luana Raquel teve uma infância feliz, mas sem luxo algum. Perdeu seu pai em um acidente de trabalho no ano de 2003, daí a propulsão pra estudar direito. “Conquistei meu sonho, por isso eu vivo um sonho” disse.

“Já a música esteve presente durante toda minha vida, a música é a minha voz. Sempre gosto de falar, me observe cantar e então saberá muito sobre mim,” alertou.

Luana prefere não ter um estilo musical definido, canta o que gosta, dessa forma, canta forró, porque de acordo com ela leva alegria, causa dança, e a dança por sua vez é cultura impregnada e esculpida  na região,  e que de acordo com a artista, deve-se preservar. Também aprecia muito moda sertaneja, música popular brasileira, entre outros gêneros musicais.

Em 2018,  quando retornou com intuito de novamente residir em Unaí, casou-se, abriu um escritório de advocacia bem modesto no bairro Novo Horizonte, lugar onde foi criada. Com intuito de ajudar e viabilizar o acesso à informação, percebeu que várias pessoas que residem naquele setor, para ter acesso ou conversar com algum profissional da área jurídica, tinha que se deslocar para o centro da cidade.

“Muitas dessas pessoas, principalmente idosos, mães com criança de colo, entre outras pessoas que não possuem condução própria, o transporte público oferecido atualmente tem sido inoperante e ineficiente em demasia. Então, pensando nessas pessoas, no conforto que elas teriam em poder conversar com um profissional da área, sem precisar sair do bairro, resolvi trabalhar nessa localidade,” contou a advogada.

Por sua vez, simultaneamente, com a advocacia e na música através do Casal do Forró, veio ganhando um espaço e conquistando de forma muito carinhosa o público de Unaí. “Agradeço muito à minha família, ao meu esposo Fabio Ramos, que sempre me motivou e está comigo compondo a banda Casal do Forró. Só tenho a agradecer pelas conquistas alcançadas e pelas muitas outras que estão por vir,” finalizou a cantora e advogada Luana Raquel.

Reportagem e foto: José Ney Lopes