Maio Laranja: Vereadora Dorinha Melgaço ressalta importância do combate ao abuso de crianças e adolescentes

    Compartilhe

    Hoje, 18 de maio, é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Focada nessa pauta tão importante, a vereadora Dorinha Melgaço, que sempre defendeu inúmeras causas como parlamentar, fez uso da tribuna da Câmara Municipal de Unaí para expor esse problema que destrói inúmeras famílias em todo Brasil.

    Este dia 18 de maio foi escolhido em detrimento de que uma criança capixaba, Araceli Cabrera Crespo, no ano de 1973, foi sequestrada, espancada, estuprada, assassinada e teve seu corpo queimado com ácido. Os acusados pelo crime, que acabou prescrevendo, permanecem impunes até hoje.

    Unaí viveu dias de angustias que culminou com uma notícia trágica que foi o caso da menina de 6 anos, autista que foi torturada, estuprada e assassinada pelo padrasto, e isso aconteceu no mês laranja (maio) e pode sim ser usado como um doloroso exemplo de como todos precisam estar vigilantes, seja com crianças próximas ou desconhecidas. Qualquer movimentação estranha tem que ser informada para autoridades policiais. A vereadora Dorinha se emocionou ao falar dessa história inacreditável que ceifou a vida da garotinha Ana Paula.

    “O mês de maio nos lembra de que, infelizmente, ainda temos que combater um mal que atinge muitas crianças, adolescentes e seus familiares, o abuso e exploração sexual. Esta é uma lita que se faz necessária e precisa contar com a participação de toda sociedade”, alerta a vereadora Dorinha Melgaço.

    Dorinha disse ainda que se faz necessário investir mais em trabalhos preventivos, tanto com as famílias e principalmente com as crianças para que elas aprendam a se defender de certos tipos de assédios e saber a quem pedir ajuda, pois na maioria das vezes elas sofrem esse tipo de violência por pessoas próximas e de sua confiança.

    “Unaí precisa ter uma prevenção efetiva, uma educação muito forte. Estou me colocando como parceira, não estou criticando, através do diálogo vamos fazer a diferença. Temos que ser o combate para que não aconteça mais crimes, como o da menina Ana Paula, em nossa cidade”, salientou Dorinha Melgaço.

    A parlamentar destacou a necessidade da implantação do CAPS`I (Centro de Atenção Psicossocial Infantil), pois tem a finalidade de proporcionar atendimento às crianças e adolescentes, para transtornos mentais graves e persistentes, inclusive pelo uso de substâncias psicoativas, e atende cidades e ou regiões com pelo menos 70 mil habitantes. Dorinha salientou ainda o problema da rede de atendimento em Unaí, onde falta profissionais importantíssimos como psicólogos.

    A vereadora fez as explanações na tarde desta segunda-feira, 17 de maio, na tribuna da Câmara Municipal de Unaí na reunião semanal da casa de leis.

    Reportagem: José Ney Lopes