Prefeitos do Noroeste resistem em apertar restrições

    Compartilhe

    Durante participação de uma Assembleia da Amnor, com a presença dos membros do Comitê Macro de Combate a Pandemia, prefeitos que compõem a Associação resistiram às orientações para apertar ainda mais as restrições de combate à covid em seus municípios e cobraram mais atenção do Governo do Estado.

    Eles pediram, principalmente, mais apoio do Estado em relação às forças de segurança, sob a alegação de que sem apoio policial é quase impossível combater os principais focos de proliferação do vírus, citando as festas clandestinas e as grandes aglomerações nas residências.

    Na segunda parte da Assembleia, desta vez com a participação apenas dos prefeitos e assessores diretos, os mesmos decidiram manter as restrições como se encontravam e que vão cobrar do Estado o cumprimento de suas obrigações.

    Por sugestão dos prefeitos, a Amnor vai oficiar o Governo, bem como as instituições a ele subordinadas e pedir providencias quanto ao cumprimento destas obrigações.

    Na pauta da Assembleia estava também a construção do Hospital Regional, cujas diligências e contatos para realizar tal sonho se encontram em andamento.

    Reportagem: Rubens Martins